Páginas

quarta-feira, 5 de julho de 2017

ARACNO GAME

Parabéns, você está correto!
No sentido figurado, Odisseia é uma viagem cheia de aventuras extraordinárias, é uma narração cheia de peripécias ou ocorrências singulares, variadas e inesperadas. Hoje, quando queremos nos referir a grandes feitos, falamos em façanhas homéricas e por odisseias entendemos os empreendimentos sobre-humanos.
O nome “Odisseia” vem de “Odysseus”, herói grego, rei de Ítaca, que os latinos chamaram de Ulixes (Ulisses).
Odisseia é um poema épico do século IX a.C., descrito pelo poeta grego Homero, que narra as aventuras do herói Ulisses, na sua viagem de retorno para “Ítaca”, após a Guerra de Troia.
A teoria sobre a origem da Odisseia sustenta que o poema foi mantido e transmitido oralmente, durante séculos, pelos “rapsodos” – um soberbo contador dos épicos da antiga Grécia, uma vez que Homero nunca escreveu o poema, pois na época de sua provável existência, a escrita não chegara à Grécia.
Segundo a tradição, o estadista ateniense Pisístrato (605-527 a.C.) foi quem pela primeira vez mandou colecionar todos os poemas “homéricos”.

(DEIXE SEU COMENTÁRIO NA POSTAGEM PRA MOSTRAR QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI)

Aperte START para a próxima etapa do jogo , se você não conhece o ARACNO GAME clique em INICIAR. 


terça-feira, 27 de junho de 2017

ARACNO GAME

Parabéns, você está correto!

Adamantium é uma liga metálica fictícia, inventada nas HQs (histórias em Quadrinhos). O primeiro uso do termo "adamantium" no Universo Marvel, que é famosa por ser o material do esqueleto do personagem Wolverine em X-Men. É considerado virtualmente indestrutível, pois humanos, Krees, Skrulls, deuses, mutantes e outros com força quantificável jamais conseguiram destruir esse metal, porém seres com forças ilimitadas como Thor, Hulk, Thanos, Jean Grey, Zeus e alguns outros, foram capazes de destruir instrumentos feitos desse metal.



(DEIXE SEU COMENTÁRIO NA POSTAGEM PRA MOSTRAR QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI)

Aperte START para a próxima etapa do jogo, se você não conhece o ARACNO GAME clique em INICIAR. 



domingo, 25 de junho de 2017

ARACNO GAME

Parabéns, você está correto!

Memórias Póstumas de Brás Cubas é o maior clássico da literatura realista de língua portuguesa. Publicado em 1881, este livro marca o início oficial do realismo no Brasil e ainda serve de divisão na obra do seu autor, Machado de Assis, marcando o início da fase mais madura e qualificada deste escritor. Memórias Póstumas de Brás Cubas é um dos livros indicados para leitura nos vestibulares de 2017, 2018 e 2019 da Fuvest. Esta indicação também é referência para outros vestibulares, como unesp, unifesp, puc e Mackenzie.














DEIXE UM COMENTÁRIO ABAIXO PRA MARCAR QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI
E APERTE START PARA CONTINUAR.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Governo começa a pagar taxa para a população a partir de hoje

Taxa é referente ao mal atendimento na saúde, educação, segurança e transporte

O governo admite que a população vem sendo prejudicada com a falta dos principais recursos e pagará uma taxa que abaterá os prejuízos sofridos pela população.
O governo também se comprometeu a colocar em prática os Direitos Humanos que protegerá as famílias da criminalidade e da violência, punindo de forma correta e justa os criminosos.
Passará a tratar judicialmente iguais qualquer crime cometido por qualquer pessoa, seja ela autoridade ou não.
O governo também afirmou que os altos salários e benefícios de políticos e assessores estão acima dos padrões no país e fará uma reforma salarial justa.

Definitivamente esta matéria está longe de ser realidade, um dos maiores desejos daqueles que deixam suas casas para tentar sobreviver em um país que esquece e não dá a mínima ao seu povo.
O enriquecimento dos políticos é fora da realidade, o povo passa fome enquanto políticos desfrutam do dinheiro pago pelo contribuinte. Hospitais particulares de alta tecnologia, escolas particulares a seus filhos, salários aos parentes, passagens livres em transportes e cartão verde para qualquer ato de criminalidade.
Essa é a realidade de um povo enganado, muitos se vendem para proteger aqueles que estão tirando tudo deles sem perceber.

O que paga tudo isso é o imposto, que deveria retornar com qualidade de vida ao povo, mas volta em qualidade de vida apenas para alguns.

Não existe diferença entre aqueles que abordam pessoas nas ruas com armas e os políticos que usam de meios para tirar além de seu próprio salário, mas vai além, os envolvidos estão em todos os lugares, na polícia, nos hospitais, nas escolas. O povo está sozinho, poderia deixar de pagar imposto para acabar com essa roubalheira, mas dependeria dos empresários que também estão envolvidos.
Enquanto isso o povo come lixo, usa lixo e os políticos e grandes empresários riem e desfrutam de uma vida de recursos infinitos.

sábado, 18 de março de 2017

Representação social, política e a importância das ciências sociais

Artigo do livro "Cidade e Comunicação: a miopia sobre o mundo, outros textos e olhares" de Thífani Postali

Num momento em que as tecnologias da informação permitem que o receptor também se torne produtor de conteúdo, o conhecimento tornou-se ainda mais emergente. Com os últimos acontecimentos na política brasileira, é possível perceber, nas redes sociais, uma quantidade de pessoas que buscam expor suas ideias; o que julgo necessário para a reflexão a partir de diferentes pontos de vista. Por outro lado, há também um número significativo de indivíduos que procuram impor suas opiniões, em muitos casos, debochando daquelas que são contrárias às suas. Infelizmente, as manifestações mais taxativas vêm carregadas de ódio e, sobretudo, apontam como muitos indivíduos são desprovidos do conhecimento mínimo sobre a sociedade em que vivem.

Tomemos como exemplo a discussão sobre a falta de representação da diversidade na política. Nossa sociedade é formada por diversos grupos sociais que têm diferentes experiências de vida. Antes de tudo, importa esclarecer que as nossas ideologias são uma mescla de ideias formadas pela nossa família, grupo social, classe social; são transformadas ao longo do tempo pela nossa formação, nossos grupos de filiação, pelos jornais que escolhemos ler, filmes, publicidades, propagandas e programas que mais gostamos. Deste modo, somos diversos além de podermos ser mutáveis nas ideias, já que passamos as nossas vidas em contato direto com os outros, seja através de experiências ou leituras.

A visão sobre o mundo de uma pessoa que nasceu e vive em favelas e periferias pode ser muito diferente de uma pessoa que nunca experimentou a pobreza e a violência; um homem que convive em um ambiente que não discute as questões sobre gênero, muito provavelmente, não enxergará o sentido nas falas sobre as desigualdades de gênero; um branco que é acostumado a ler apenas conteúdos escritos por brancos, que consome produtos midiáticos que apresentam o “lugar de cada um” na sociedade e que frequenta lugares onde a maioria é branca, sem a ajuda do conhecimento e do diálogo, dificilmente entenderá a importância da luta pela consciência negra e pelos direitos dos negros nas sociedades pós-escravagistas; uma pessoa que não tem contato com homossexuais, seja na família ou no convívio social, se não buscar o conhecimento, estará fadada a entendê-los como pessoas “anormais” que devem ser tratadas; o deficiente físico também terá outra visão sobre diversos assuntos pouco discutidos, basta levar em consideração o quanto demoramos para ter leis de acessibilidade e que, ainda assim, são bastante falhas.

Portanto, as sociedades são diversas e a alteridade torna-se fundamental para a prática da democracia. O termo sugere que reconhecer o outro, aquele que é diferente de mim, do meu grupo, levando em consideração as suas peculiaridades e diferenças e também suas equivalências, faz com que os indivíduos tornem-se menos etnocêntricos, podendo, assim, diminuir os conflitos sociais. Deste modo, ter representantes políticos que sejam de diferentes grupos sociais contribui para que medidas sejam tomadas de forma mais justa, levando em consideração o todo, ou uma melhor parte do todo.
Thífani Postali
Lembre-se: o que para você pode não ser importante, para outra pessoa pode significar muito! Posto assim, o conhecimento básico sobre as ciências sociais torna-se fundamental para o exercício da cidadania e democracia, levando em conta que a democracia tem como base o governo para todos. É preciso ter bom senso no lugar do senso comum, principalmente depois da invenção da internet, que não permite mais a desculpa do “desconhecimento”. Ter “opinião” requer leitura, argumentação, caso contrário, é reprodução irreflexiva.

Thífani Postali é doutoranda em Multimeios pela Unicamp e mestra em Comunicação e Cultura pela Uniso, professora universitária e membro do grupo de pesquisa Mídias, Cidades e Práticas Socioculturais (MidCid). Blog: www.thifanipostali.com

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Meditação do Amor Universal

 51º - Pensamentos de um Guerreiro - Meditação do Amor Universal

Que eu seja sadio, feliz e pacífico. Que nenhum mal me fira. Que nenhuma dificuldade me atinja. Que nenhum problema me angustie. Possa eu ter paciência, coragem, compreensão e determinação para enfrentar e superar as inevitáveis dificuldades, problemas e fracassos da vida.
Que meus pais, meus parentes, seres íntimos, amigos e mestres tenham saúde, felicidade e paz. Que nenhum mal os fira. Que nenhuma dificuldade os atinja. Que nenhum problema os angustie.
Possam eles sempre colher êxito. Possam também ter paciência, coragem, compreensão e determinação para enfrentar e superar as inevitáveis dificuldades, problemas e fracassos da vida.

Que todas as pessoas de mim desconhecidas tenham saúde, felicidade e paz. Que nenhum mal as fira. Que nenhuma dificuldade as atinja. Que nenhum problema as angustie. Possam elas sempre colher êxito. Possam também ter paciência, coragem, compreensão e determinação para enfrentar e superar as inevitáveis dificuldades, problemas e fracassos da vida.
Que os que não me querem bem tenham saúde, felicidade e paz. Que nenhum mal os fira. Que nenhuma dificuldade os atinja. Que nenhum problema os angustie. Possam eles sempre colher êxito.
Possam também ter paciência, coragem, compreensão e determinação para enfrentar e superar as inevitáveis dificuldades, problemas e fracassos da vida.

Que todos os seres vivos tenham saúde, felicidade e paz. Que nenhum mal os fira. Que nenhuma dificuldade os atinja. Que nenhum problema os angustie. Possam eles sempre colher êxito.
Possam eles também ter paciência, coragem, compreensão e determinação para enfrentar e superar as inevitáveis dificuldades, problemas e fracassos da vida. (Budismo)

domingo, 17 de julho de 2016

Verdadeiros Heróis

50º - Pensamentos de um Guerreiro - Verdadeiros Heróis

ME DESCULPEM OS ATLETAS, que fazem do esporte seu trabalho, muito duro, reconheço. Mas levarem o títulos de heróis pela mídia e pelas pessoas seria demais.
Os atletas trazem para o país algo importante, o exemplo, existem inúmeras pessoas que buscam no esporte uma motivação, um meio de vida, educação. O esporte transforma pessoas em pessoas melhores.
Mas estou escrevendo isso para dizer que os verdadeiros heróis estão diariamente salvando vidas, pessoas que em seus trabalhos vivem suas vidas em função da vida dos outros. São pessoas que levam tiros, que se expõem a moléstias, que mergulham em águas traiçoeiras, e que são expostas a uma educação precária de pais sem sensos.
Estou aqui dizendo que heróis são policiais, bombeiros, médicos, professores e seus auxiliares. Estes não aparecem na TV, não existe um evento mundial, ou uma tocha que mostre a importância de cada um deles. Gosto muito de esportes, mas gosto mais da minha vida e eles estão 24 horas em função da minha e a de qualquer vida.

(Rodrigo Aracno)

Veja outro pensamento com Rodrigo Aracno


Veja Também